Nível de atividade física: Quanto é suficiente?

O sedentarismo é um dos maiores problemas de saúde pública do mundo inteiro e inúmeros dados demonstram sua relação direta com o aparecimento de doenças crônico – degenerativas e aumento na mortalidade. Esses dados levaram diversos órgãos públicos e privados a desenvolver programas de saúde pública direcionados a prática regular de exercícios físicos.

Atualmente, a recomendação padrão para a prática de exercícios gira em torno de 30 minutos diários com intensidade moderada (entre 60% a 70% do máximo do indivíduo) sendo que as atividades mais recomendadas incluem as de caráter aeróbio (caminhar, pedalar e dançar).

Porém, apesar dos bons resultados na saúde e manutenção da qualidade de vida em relação à prática dentro dessas recomendações, objetivos mais específicos (como, por exemplo, a perda de peso) podem não ser atingidos. Neste caso, a adoção de hábitos alimentares saudáveis também se faz necessário.

Além disso, realizar exercícios de força e flexibilidade por, pelo menos, duas vezes na semana, também seria altamente recomendado uma vez que, a prática regular desses tipos de exercícios iria colaborar para o ganho e manutenção da massa magra e da capacidade funcional de movimentos.

REFERÊNCIA

Steven N Blair, Michael J LaMonte, and Milton Z Nichaman The evolution of physical activity recommendations: how much is enough?Am J Clin Nutr 2004;79(suppl):913S–20S